Olá!
Estamos aqui para o ajudar!
Em que posso ser útil?

Qual a importância das manutenções preventivas?

Muitas vezes não temos conhecimento da importância de um plano de manutenção em instalações de refrigeração, até que uma avaria nos faça parar a produção, o que pode levar a grandes perdas económicas.

Os proprietários e gestores de edifícios comerciais e industriais desejam ter empresas que cuidam das suas instalações, mantendo-as em perfeitas condições, garantindo que os seus processos de produção não sejam afetados a qualquer momento.

A manutenção correta do equipamento de refrigeração e congelamento acarreta um investimento económico que faz com que as partes da instalação funcionem corretamente, durante décadas, se forem adequadamente mantidas.

Por outro lado, a falta de boa manutenção gera um cenário aberto a problemas, avarias e clientes insatisfeitos.

Como funciona a boa manutenção em instalações de refrigeração

O trabalho de manutenção é dividido em dois, manutenção preventiva e manutenção corretiva.

A manutenção preventiva tenta determinar o momento em que uma peça provavelmente vai avariar, através da monitorização contínua da instalação. Geralmente é realizada em épocas em que o trabalho na fábrica é interrompido ou durante as férias.

Estas manutenções são agendadas para a inspeção da instalação. É estabelecida a data da manutenção, as partes da instalação e com quais equipamentos as manutenções serão realizadas, o que ajuda a manter um registo das manutenções que foram feitas no passado, ou seja, há um histórico disponível que ajuda a saber se um elemento ou peça tiver que ser substituído por ter atingido a sua vida útil, de acordo com as diretrizes do fabricante.

A manutenção corretiva é o método mais antigo, onde uma avaria é reparada quando a falha é detetada. Esta manutenção deve ser realizada o mais rápido possível, tentando evitar custos e evitar que mais partes da instalação sejam danificadas.

Uma das desvantagens desta manutenção é que deve ser previsto um gasto de stock. Caso contrário, devemos estar dispostos a assumir um atraso no reparo, pois as peças podem levar algum tempo devido à logística do seu envio.

É de vital importância que o trabalho de manutenção corretiva seja realizado por pessoal altamente qualificado, para resolver todos os problemas o mais rápido possível e da melhor maneira.

Técnica de manutenção em instalações de refrigeração

Algumas das técnicas e ferramentas modernas para a manutenção de sistemas de refrigeração e ar condicionado incluem:

• Análise de óleo: De acordo com muitos especialistas, esta é uma das melhores ferramentas para entender o que está a acontecer num equipamento ou instalação de refrigeração. Uma análise do óleo indicará se há humidade, ácidos, corrosão, desgaste do rolamento, atrito ou outros problemas.

• Testes de correntes de Foucault: Reduz o risco de falhas no equipamento de refrigeração, causadas por vazamentos do tubo do condensador e do evaporador.

• Análise de vibração: Este teste indicará se há problemas com os rolamentos de refrigeração, desequilíbrio do impulsor, etc.

É sempre aconselhável fazer uma manutenção preventiva realizada de acordo com o tamanho da instalação, onde são analisados e registados todos os parâmetros necessários.

Acompanhe as nossas novidades pela Newsletter